EVENTOS

2ª MARCHA SOLIDÁRIA PELA VIDA INDEPENDENTE

Marcha Solidária

Foi com orgulho que a Associação Nuno Mata aceitou o convite da Associação CVI - Centro de Vida Independentemente, para estar presente na Marcha pela Vida Independente, no dia 5 de Maio, onde se comemorou o dia Europeu da Vida Independente e onde foi demonstrado o orgulho pela nossa diversidade humana e reivindicados os direitos descritos na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência subscritos integralmente por Portugal mas ainda não cumpridos. 

A marcha decorreu em simultâneo nos seguintes locais: 

Lisboa – Avenida da Liberdade (junto ao Tivoli);

Vila Real – Avenida 5 de Outubro (Jardim da Estação);

Porto – Praça D. João I.

Foi exigida ao Governo a elaboração de uma estratégia para a deficiência, num processo amplamente participado que cumpra o princípio de “Nada sobre nós sem Nós”, que corresponda à materialização dos princípios constantes da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, nomeadamente:

– o direito à escolha pela Vida Independente;

– que os serviços de assistência pessoal sejam financiados pelo Orçamento do Estado de forma definitiva e não enquanto Projetos-Piloto;

– rendimentos suficientes para viver autonomamente, independentemente do agregado familiar;

– acessibilidade nos transportes públicos;

– direito à livre de circulação nas ruas e todos os espaços de uso público;

– direito a habitação de promoção pública acessível e financiamento para adaptação dos fogos inacessíveis existentes;

– reforço do financiamento e simplificação (mais e melhor eficácia) do Sistema de Atribuição de Produtos de Apoio;

– ensino verdadeiramente inclusivo que forme jovens com diversidade funcional para entrada no mercado de trabalho;

– formação profissional inclusiva;

– cumprimento das quotas de acesso ao emprego;

– acesso à Cultura, sem restrições;

– acesso a nível físico, de comunicação e informação a todos os serviços de Saúde;

– acesso informado e confidencial a todas as mesas de voto em qualquer ponto do país;

– o reconhecimento do Código Braille aplicado à Língua Portuguesa e o aumento de publicações disponíveis;

– o reconhecimento, defesa e ensino da Língua Gestual Portuguesa;

– respeito e devida aplicação das leis nacionais e internacionais de não discriminação e de combate à violência sobre as pessoas com diversidade funcional.


AJUDE-NOS A AJUDAR

FAÇA O SEU DONATIVO

Pode fazer uma transferência para a nossa conta:
IBAN PT50 0010 0000 5697 0960 0014 4

Caso necessite de recibo, guarde o comprovativo e contacte-nos.

SEDE

Travessa bairro costa n°10,
2860-493 Moita 

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Facebook . Instagram